Está aí o primeiro número das “S.A. Battles” em mais uma iniciativa levada a cabo pelos Scratchers Anónimos (S.A.), desta feita num formato rúbrica em partilha para o canal de youtube oficial.
O video consiste numa demonstração das battles de scratch que coloca frente a frente o convidado DJ T.Bernas com o DJ Ki (membro de S.A.).

Não percam também mais abaixo a entrevista realizada por S.A. a este convidado, algo que prometem ser regular encontrar nas descrição do youtube das “S.A. Battles”.

S.A.: De onde és?
DJ Bernas: Cascais, 2750 !

S.A.: Como, onde e quando viste ou ouviste scratch pela primeira vez?
DJ Bernas: A primeira vez que ouvi foi o DJ Muggs em Cypress hill. Ao vivo foi o Nelassassin, num campeonato de graffiti em Algés.

S.A.: O que é para ti o scratch ?
DJ Bernas: É dificil de explicar mas é como se estivesse a cantar/rimar.

S.A.: Há quanto tempo és DJ e como começaste?
DJ Bernas: A primeira vez que vi um DJ com pratos á minha frente foi no 7º ano, eleições para a associação de estudantes, e a ideia de poder colar as musicas todas, cortar os graves etc bateu me na cabeça. Juntei dinheiro e finalmente comprei um JBsystems de beltdrive que já tinha pitch, fiz o 1º slipmat com um pano absorvente de cozinha e a minha primeira mixer tinha um knob como crossfader ! de resto aprendi sozinho, a ouvir e tentar reproduzir.

S.A.: Qual ou quais os teus projectos mais relevantes onde estás ou estiveste inserido?
DJ Bernas: Comecei com os M.A.C, ando a tocar com o TNT, já estou com o AC há uns bons anos e comecei a acompanhar o HIPNO-D nos últimos tempos, volta e meia faço uma perninha com os DMK.

S.A.: Principais influências musicais?
DJ Bernas: Sobretudo música instrumental mas comecei a gostar de blues nos últimos anos, tenho ouvido bastante punkrock, um reggae desde que não seja chato calha sempre bem, e de 94 a 96 foi a minha escola de rap.”

Scratchers Anónimos são: Camboja Selecta , DJ Ki e  DJ Ketzal
Contactos S.A. – Facebook | Instagram | Email

Leave a Comment